Parceria inédita entre o WWF-Brasil e o Instituto Akatu prevê o envolvimento de 700 escolas em todo o País<br />© Instituto Akatu/DivulgaçãoO Instituto Akatu, organização não governamental que atua na área do consumo consciente, também aderiu à Hora do Planeta, movimento promovido pelo WWF-Brasil no sábado 29 de março, entre 20h30 e 21h30
 
A ONG irá incentivar seus colaboradores e apoiadores a participarem do maior ato simbólico por soluções para o aquecimento global. Com sede em São Paulo, o Instituto irá mobilizar as mais de 700 escolas de todas as regiões do País, inscritas no Edukatu – Rede de Aprendizagem para o Consumo Consciente, a participarem da ação. 
 
Para isso as escolas deverão inscrever a sua adesão aqui mesmo no site (na sessão "Escolas e Instituições") e divulgar a participação para toda a comunidade escolar. Além disso, o Akatu fará chamados em todos em seus canais de comunicação para que as pessoas participem do maior ato mundial contra o aquecimento global e mudanças climáticas. 
 
"A Hora do Planeta marca um momento em que todos estamos atentos às escolhas de consumo que constroem a sociedade do bem-estar", avalia Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu. "Chamar as pessoas a usarem o seu poder de transformação dá força às diversas iniciativas de proteção ao meio ambiente que já estão em curso."
 
Mattar ressalta ainda que o Instituto Akatu apoia a Hora do Planeta porque "acredita que essa ação também inspira pessoas a mudarem seus hábitos de consumo cotidianos". Com vistas a, entre outras coisas, reduzir impactos negativos sobre os recursos naturais. 
 
Segundo a Superintendente de Comunicação e Engajamento do WWF-Brasil, Renata A. Soares, contar com o apoio de organizações que também trabalham pela conservação do meio ambiente "reforça a importância da Hora do Planeta como movimento de conscientização e ação para deter as mudanças climáticas."
 
Hora do Planeta 2014
 
Pelo sexto ano consecutivo, a organização WWF-Brasil promove a Hora do Planeta no País. Ao longo desse tempo, também já foram apagados alguns dos principais ícones brasileiros, cartões-postais das grandes cidades, como Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e a Ponte Estaiada, em São Paulo.  Ao redor do mundo, a lista de ícones inclui as pirâmides do Egito, a Torre Eiffel em Paris e a Acrópole de Atenas, que ficam no escuro durante sessenta minutos. Em 2013, 7000 cidades de 154 países participaram da campanha. No Brasil foram 113 cidades, totalizando mais de 627 ícones (entre eles, monumentos artísticos, espaços públicos e prédios históricos). 
 
Com a inclusão de Florianópolis, são 12 capitais brasileiras cadastradas na Hora do Planeta 2014<br />© Prefeitura Municipal de Florianópolis/DivulgaçãoA Hora do Planeta 2014 já bateu a marca de 100 cidades participantes. Quem nos ajudou a chegar nesse número foi Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, na Região Sul do País.
 
Os ícones que ficarão no escuro durante sessenta minutos no município são a  Ponte Hercílio Luz (foto) e a Praça XV de Novembro, onde se localizam o Monumento em Honra aos Heróis Mortos na Guerra do Paraguai, bustos em homenagem a catarinenses famosos – como o poeta Cruz e Sousa e o pintor Víctor Meirelles, entre outros – e a chamada Figueira Centenária, que teria nascido em 1871.
 
Com a participação de Florianópolis, já são 12 capitais brasileiras cadastradas na Hora do Planeta 2014. As demais são: Aracaju (SE), Belo Horizonte (MG) – a primeira a aderir ao movimento este ano –, Cuiabá (MT), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Macapá (AP), Manaus (AM), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ)
 
Como as cidades podem participar?
 
Para participar, as cidades brasileiras devem entrar em contato pelo e-mail cidades@wwf.org.br ou pelo telefone (11) 3061-0121. A partir deste contato, será enviado um Termo de Adesão que deve ser assinado por uma autoridade municipal, formalizando a participação no movimento. Ao realizar seu cadastro, o município também recebe o guia Como Participar – Governos, com dicas para envolver a comunidade e divulgar sua participação em mídias locais – além de recomendações quanto à segurança (como, por exemplo, não apagar a iluminação pública de ruas e avenidas). Todas as cidades brasileiras participantes são citadas em matérias e entrevistas aqui no site e nas redes sociais da Hora do Planeta. 
 
Faltam apenas três dias para a Hora do Planeta 2014! Vamos repetir o feito de 2012, quando todas as 27 capitais brasileiras participaram da Hora do Planeta!
 
Doações por meio de crowdfunding variam de R$ 10 a R$ 1.000<br />© WWF-BrasilPara captar recursos e realizar a sexta edição da Hora do Planeta em São Paulo, no dia 29 de março, a organização ambiental WWF-Brasil fez uma parceria com a plataforma Kickante (www.kickante.com.br/wwf), que fica então encarregada de receber as doações. 
 
Realizada pela WWF, a Hora do Planeta é o maior movimento de mobilização mundial por um futuro sustentável. Momento em que milhares de pessoas ao redor do mundo são convidadas a apagar suas luzes por sessenta minutos, das 20h30 às 21h30, e têm a oportunidade de usar o seu poder para provocar mudanças e sinalizar que o aquecimento global é uma questão de extrema urgência. 
 
Faltando apenas três dias para o evento, ainda dá tempo de contribuir. Basta acessar o site e escolher o valor da doação, que varia de R$ 10 a R$ 1.000. Quem contribuir com o valor mínimo recebe um certificado digital de patrocinador. A partir de R$ 45, o doador ganha o certificado e mais a divulgação do nome e uma camiseta oficial do evento. Quem doar R$ 1.000 ganha dez camisetas, terá seu nome divulgado como um padrinho do evento no site oficial – além de também receber o certificado digital.
 
Sobre a Hora do Planeta
 
O que começou como um evento isolado em uma única cidade, Sidney, na Austrália, tornou-se uma ação global, envolvendo um bilhão de pessoas em mais de 7 mil cidades de 152 países. No Brasil, onde o ato é realizado desde 2009, alguns dos mais conhecidos monumentos, como o Cristo Redentor no Rio de Janeiro, o Monumento às Bandeiras em São Paulo, o Teatro Amazonas em Manaus e a Ópera de Arame em Curitiba, já ficaram no escuro durante sessenta minutos.
 
O ator Reynaldo Gianecchini une forças com os brasileiros para salvar o planeta<br />© Felipe LessaO ator Reynaldo Gianecchini aceitou o convite do WWF-Brasil e se tornou o embaixador da Hora do Planeta 2014 no País. "Vamos unir as nossas forças com todos os brasileiros e mostrar que temos poder para salvar o planeta", afirmou Gianecchini, que em 2009 já havia participado da Hora do Planeta em uma foto da campanha publicitária.
 
"Acho muito importante apoiar causas que contribuem para conscientizar as pessoas", disse ainda. "Já vivemos um limite de escassez de vários recursos – esse ano mesmo a questão da falta da água é um grande problema em boa parte do Brasil." O ator alerta ainda que todos nós precisamos "ficar ligados" e fazer o que for possível para conservar o nosso planeta.
 
A participação de Gianecchini, que atualmente está no ar na novela Em Família, da Rede Globo, prevê que, além de vestir a camisa da Hora do Planeta, o ator envolva fãs e admiradores na campanha, convidando-os a se juntar a ele nesse esforço conjunto por meio de suas redes sociais. O que ele já vem fazendo. "Sou embaixador do movimento do WWF-Brasil e convido a todos para apagarem as luzes, no sábado 29 de março, entre 20h30 e 21h30", escreveu em seu perfil no Facebook. 
 
Gianecchini também apresenta a seus seguidores o homem do farol, personagem-símbolo da campanha brasileira da Hora do Planeta – que aparece em vídeos feitos pela agência Grey Brasil. "Vocês já conhecem o homem do farol?", convidou o ator também no Facebook. "Ele é um dos poucos que não vai apagar as luzes na Hora do Planeta. Se ele apagar as embarcações ficam às escuras. Mas eu e você não temos desculpa, né? Vamos participar!"
 
A Hora do Planeta 2014 acontecerá no próximo sábado, 29 de março, entre 20h30 e 21h30. Use seu poder! Apague suas luzes!
 
Acompanhe as notícias sobre o movimento aqui no site e também na nossa página no Facebook. Assista também ao vídeo do homem do farol: http://bit.ly/homemdofarol
 
Passeio ciclístico noturno pela Hora do Planeta 2014 espera reunir 1000 pessoas<br />© CenterVale Shopping/Divulgação
A cidade de São José dos Campos, no interior de São Paulo, participará com destaque da Hora do Planeta 2014 – que acontece no próximo sábado 29 de março, entre 20h30 e 21h30.
 
Além dos ícones que a Prefeitura apagará na data e hora marcadas – o Paço Municipal e a Câmara de Vereadores –, o CenterVale Shopping irá promover um passeio ciclístico noturno para marcar a ação na cidade. A organização da pedalada é da Rádio Stereo Vale.
 
O circuito inclui uma volta ao redor do shopping e também da rodoviária da cidade, e quem fizer a inscrição pela página da rádio no Facebook leva uma camiseta da Hora do Planeta, customizada especialmente para o evento. São 300 inscrições gratuitas que, além da camisa, também dão direito a um squeeze. 
 
Algumas lojas do CenterVale Shopping também participarão da ação distribuindo brindes. A lista inclui A Esportiva, DNA Natural, Doctor Feet, Los Paleteros, World Tennis, Tennis One e Camarão & Cia
 
Já a Prefeitura participa do evento por meio da Secretaria de Esporte, que auxiliará no fechamento das ruas e oferecerá apoio na segurança dos participantes. 
 
São aguardadas cerca de 1000 pessoas! A WWF-Brasil e a Hora do Planeta parabenizam os organizadores e desejam a todos os inscritos e participantes uma boa pedalada noturna pelo planeta!
 
Ponte JK, em Brasília, antes e durante a Hora do Planeta<br />© WWF-Brasil/ Eduardo Aigner Acompanhe aqui as cidades e monumentos que já confirmaram a sua participação na Hora do Planeta 2014 até o momento.

Cidades:



Monumentos:




Praça da Revolução, que terá dois de seus monumentos apagados durante a Hora do Planeta 2014<br />© Governo do Estado do Acre/DivulgaçãoNum exemplo de engajamento e preocupação com as questões ambientais, a cidade de Rio Branco, capital do Acre (Região Norte), confirma sua participação na Hora do Planeta 2014 mesmo em meio à crise provocada pelas enchentes que atingiram recentemente algumas cidades do estado. 
 
O município incluiu na lista de ícones a serem apagados durante sessenta minutos – no dia 29 de março (entre 20h30 e 21h30) – as fachadas da Prefeitura e das Secretarias Municipais, a estátua de Plácido de Castro e o Monumento ao Herói Desconhecido (ambos localizados na Praça da Revolução). 
 
Em reconhecimento ao esforço da cidade, o WWF-Brasil e a Hora do Planeta aproveitam a adesão para registrar um agradecimento especial à Prefeitura e aos cidadãos rio-branquenses pelo apoio – declarando também sua solidariedade a todos os acreanos. 
 
Com a participação de Rio Branco, já são 11 capitais cadastradas na Hora do Planeta 2014. As demais são Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Aracajú (SE), Belo Horizonte (MG) – a primeira a aderir ao movimento este ano –, Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Macapá (AP), Manaus (AM), Natal (RN) e Vitória (ES). 
 
" />Parceria inédita entre o WWF-Brasil e o Instituto Akatu prevê o envolvimento de 700 escolas em todo o País<br />© Instituto Akatu/DivulgaçãoO Instituto Akatu, organização não governamental que atua na área do consumo consciente, também aderiu à Hora do Planeta, movimento promovido pelo WWF-Brasil no sábado 29 de março, entre 20h30 e 21h30
 
A ONG irá incentivar seus colaboradores e apoiadores a participarem do maior ato simbólico por soluções para o aquecimento global. Com sede em São Paulo, o Instituto irá mobilizar as mais de 700 escolas de todas as regiões do País, inscritas no Edukatu – Rede de Aprendizagem para o Consumo Consciente, a participarem da ação. 
 
Para isso as escolas deverão inscrever a sua adesão aqui mesmo no site (na sessão "Escolas e Instituições") e divulgar a participação para toda a comunidade escolar. Além disso, o Akatu fará chamados em todos em seus canais de comunicação para que as pessoas participem do maior ato mundial contra o aquecimento global e mudanças climáticas. 
 
"A Hora do Planeta marca um momento em que todos estamos atentos às escolhas de consumo que constroem a sociedade do bem-estar", avalia Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu. "Chamar as pessoas a usarem o seu poder de transformação dá força às diversas iniciativas de proteção ao meio ambiente que já estão em curso."
 
Mattar ressalta ainda que o Instituto Akatu apoia a Hora do Planeta porque "acredita que essa ação também inspira pessoas a mudarem seus hábitos de consumo cotidianos". Com vistas a, entre outras coisas, reduzir impactos negativos sobre os recursos naturais. 
 
Segundo a Superintendente de Comunicação e Engajamento do WWF-Brasil, Renata A. Soares, contar com o apoio de organizações que também trabalham pela conservação do meio ambiente "reforça a importância da Hora do Planeta como movimento de conscientização e ação para deter as mudanças climáticas."
 
Hora do Planeta 2014
 
Pelo sexto ano consecutivo, a organização WWF-Brasil promove a Hora do Planeta no País. Ao longo desse tempo, também já foram apagados alguns dos principais ícones brasileiros, cartões-postais das grandes cidades, como Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e a Ponte Estaiada, em São Paulo.  Ao redor do mundo, a lista de ícones inclui as pirâmides do Egito, a Torre Eiffel em Paris e a Acrópole de Atenas, que ficam no escuro durante sessenta minutos. Em 2013, 7000 cidades de 154 países participaram da campanha. No Brasil foram 113 cidades, totalizando mais de 627 ícones (entre eles, monumentos artísticos, espaços públicos e prédios históricos). 
 
Com a inclusão de Florianópolis, são 12 capitais brasileiras cadastradas na Hora do Planeta 2014<br />© Prefeitura Municipal de Florianópolis/DivulgaçãoA Hora do Planeta 2014 já bateu a marca de 100 cidades participantes. Quem nos ajudou a chegar nesse número foi Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, na Região Sul do País.
 
Os ícones que ficarão no escuro durante sessenta minutos no município são a  Ponte Hercílio Luz (foto) e a Praça XV de Novembro, onde se localizam o Monumento em Honra aos Heróis Mortos na Guerra do Paraguai, bustos em homenagem a catarinenses famosos – como o poeta Cruz e Sousa e o pintor Víctor Meirelles, entre outros – e a chamada Figueira Centenária, que teria nascido em 1871.
 
Com a participação de Florianópolis, já são 12 capitais brasileiras cadastradas na Hora do Planeta 2014. As demais são: Aracaju (SE), Belo Horizonte (MG) – a primeira a aderir ao movimento este ano –, Cuiabá (MT), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Macapá (AP), Manaus (AM), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ)
 
Como as cidades podem participar?
 
Para participar, as cidades brasileiras devem entrar em contato pelo e-mail cidades@wwf.org.br ou pelo telefone (11) 3061-0121. A partir deste contato, será enviado um Termo de Adesão que deve ser assinado por uma autoridade municipal, formalizando a participação no movimento. Ao realizar seu cadastro, o município também recebe o guia Como Participar – Governos, com dicas para envolver a comunidade e divulgar sua participação em mídias locais – além de recomendações quanto à segurança (como, por exemplo, não apagar a iluminação pública de ruas e avenidas). Todas as cidades brasileiras participantes são citadas em matérias e entrevistas aqui no site e nas redes sociais da Hora do Planeta. 
 
Faltam apenas três dias para a Hora do Planeta 2014! Vamos repetir o feito de 2012, quando todas as 27 capitais brasileiras participaram da Hora do Planeta!
 
Doações por meio de crowdfunding variam de R$ 10 a R$ 1.000<br />© WWF-BrasilPara captar recursos e realizar a sexta edição da Hora do Planeta em São Paulo, no dia 29 de março, a organização ambiental WWF-Brasil fez uma parceria com a plataforma Kickante (www.kickante.com.br/wwf), que fica então encarregada de receber as doações. 
 
Realizada pela WWF, a Hora do Planeta é o maior movimento de mobilização mundial por um futuro sustentável. Momento em que milhares de pessoas ao redor do mundo são convidadas a apagar suas luzes por sessenta minutos, das 20h30 às 21h30, e têm a oportunidade de usar o seu poder para provocar mudanças e sinalizar que o aquecimento global é uma questão de extrema urgência. 
 
Faltando apenas três dias para o evento, ainda dá tempo de contribuir. Basta acessar o site e escolher o valor da doação, que varia de R$ 10 a R$ 1.000. Quem contribuir com o valor mínimo recebe um certificado digital de patrocinador. A partir de R$ 45, o doador ganha o certificado e mais a divulgação do nome e uma camiseta oficial do evento. Quem doar R$ 1.000 ganha dez camisetas, terá seu nome divulgado como um padrinho do evento no site oficial – além de também receber o certificado digital.
 
Sobre a Hora do Planeta
 
O que começou como um evento isolado em uma única cidade, Sidney, na Austrália, tornou-se uma ação global, envolvendo um bilhão de pessoas em mais de 7 mil cidades de 152 países. No Brasil, onde o ato é realizado desde 2009, alguns dos mais conhecidos monumentos, como o Cristo Redentor no Rio de Janeiro, o Monumento às Bandeiras em São Paulo, o Teatro Amazonas em Manaus e a Ópera de Arame em Curitiba, já ficaram no escuro durante sessenta minutos.
 
O ator Reynaldo Gianecchini une forças com os brasileiros para salvar o planeta<br />© Felipe LessaO ator Reynaldo Gianecchini aceitou o convite do WWF-Brasil e se tornou o embaixador da Hora do Planeta 2014 no País. "Vamos unir as nossas forças com todos os brasileiros e mostrar que temos poder para salvar o planeta", afirmou Gianecchini, que em 2009 já havia participado da Hora do Planeta em uma foto da campanha publicitária.
 
"Acho muito importante apoiar causas que contribuem para conscientizar as pessoas", disse ainda. "Já vivemos um limite de escassez de vários recursos – esse ano mesmo a questão da falta da água é um grande problema em boa parte do Brasil." O ator alerta ainda que todos nós precisamos "ficar ligados" e fazer o que for possível para conservar o nosso planeta.
 
A participação de Gianecchini, que atualmente está no ar na novela Em Família, da Rede Globo, prevê que, além de vestir a camisa da Hora do Planeta, o ator envolva fãs e admiradores na campanha, convidando-os a se juntar a ele nesse esforço conjunto por meio de suas redes sociais. O que ele já vem fazendo. "Sou embaixador do movimento do WWF-Brasil e convido a todos para apagarem as luzes, no sábado 29 de março, entre 20h30 e 21h30", escreveu em seu perfil no Facebook. 
 
Gianecchini também apresenta a seus seguidores o homem do farol, personagem-símbolo da campanha brasileira da Hora do Planeta – que aparece em vídeos feitos pela agência Grey Brasil. "Vocês já conhecem o homem do farol?", convidou o ator também no Facebook. "Ele é um dos poucos que não vai apagar as luzes na Hora do Planeta. Se ele apagar as embarcações ficam às escuras. Mas eu e você não temos desculpa, né? Vamos participar!"
 
A Hora do Planeta 2014 acontecerá no próximo sábado, 29 de março, entre 20h30 e 21h30. Use seu poder! Apague suas luzes!
 
Acompanhe as notícias sobre o movimento aqui no site e também na nossa página no Facebook. Assista também ao vídeo do homem do farol: http://bit.ly/homemdofarol
 
Passeio ciclístico noturno pela Hora do Planeta 2014 espera reunir 1000 pessoas<br />© CenterVale Shopping/Divulgação
A cidade de São José dos Campos, no interior de São Paulo, participará com destaque da Hora do Planeta 2014 – que acontece no próximo sábado 29 de março, entre 20h30 e 21h30.
 
Além dos ícones que a Prefeitura apagará na data e hora marcadas – o Paço Municipal e a Câmara de Vereadores –, o CenterVale Shopping irá promover um passeio ciclístico noturno para marcar a ação na cidade. A organização da pedalada é da Rádio Stereo Vale.
 
O circuito inclui uma volta ao redor do shopping e também da rodoviária da cidade, e quem fizer a inscrição pela página da rádio no Facebook leva uma camiseta da Hora do Planeta, customizada especialmente para o evento. São 300 inscrições gratuitas que, além da camisa, também dão direito a um squeeze. 
 
Algumas lojas do CenterVale Shopping também participarão da ação distribuindo brindes. A lista inclui A Esportiva, DNA Natural, Doctor Feet, Los Paleteros, World Tennis, Tennis One e Camarão & Cia
 
Já a Prefeitura participa do evento por meio da Secretaria de Esporte, que auxiliará no fechamento das ruas e oferecerá apoio na segurança dos participantes. 
 
São aguardadas cerca de 1000 pessoas! A WWF-Brasil e a Hora do Planeta parabenizam os organizadores e desejam a todos os inscritos e participantes uma boa pedalada noturna pelo planeta!
 
Ponte JK, em Brasília, antes e durante a Hora do Planeta<br />© WWF-Brasil/ Eduardo Aigner Acompanhe aqui as cidades e monumentos que já confirmaram a sua participação na Hora do Planeta 2014 até o momento.

Cidades:



Monumentos:




Praça da Revolução, que terá dois de seus monumentos apagados durante a Hora do Planeta 2014<br />© Governo do Estado do Acre/DivulgaçãoNum exemplo de engajamento e preocupação com as questões ambientais, a cidade de Rio Branco, capital do Acre (Região Norte), confirma sua participação na Hora do Planeta 2014 mesmo em meio à crise provocada pelas enchentes que atingiram recentemente algumas cidades do estado. 
 
O município incluiu na lista de ícones a serem apagados durante sessenta minutos – no dia 29 de março (entre 20h30 e 21h30) – as fachadas da Prefeitura e das Secretarias Municipais, a estátua de Plácido de Castro e o Monumento ao Herói Desconhecido (ambos localizados na Praça da Revolução). 
 
Em reconhecimento ao esforço da cidade, o WWF-Brasil e a Hora do Planeta aproveitam a adesão para registrar um agradecimento especial à Prefeitura e aos cidadãos rio-branquenses pelo apoio – declarando também sua solidariedade a todos os acreanos. 
 
Com a participação de Rio Branco, já são 11 capitais cadastradas na Hora do Planeta 2014. As demais são Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Aracajú (SE), Belo Horizonte (MG) – a primeira a aderir ao movimento este ano –, Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Macapá (AP), Manaus (AM), Natal (RN) e Vitória (ES). 
 
">