Lula diz que Brasil andará mais rápido a partir de 2011

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que a segunda edição do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 2) vai facilitar a vida do seu sucessor. “O Brasil andará mais rápido e com mais qualidade a partir de 2011, porque as coisas já estão engatilhadas”, disse Lula hoje (29), em Porto Alegre, ao visitar as obras de reforma do Estádio Beira-Rio para a Copa de 2014.

Lula justificou que a preparação do programa em seu último ano de mandato se deve também à necessidade de que os recursos para as obras sejam aprovados na Lei Orçamentária Anual (LOA) que será apreciada pelo Congresso ainda neste ano.

“Muita gente pensou: por que o presidente Lula preparou o PAC 2 se ele deixa o governo em 1º de janeiro, e o PAC 2 tem previsão de ser lançado no dia 1º de janeiro? Nós quisemos preparar para que quem vier não tenha que ter o mesmo trabalho que eu tive. A preparação de um PAC exige que todos os prefeitos apresentem projetos de infraestrutura, exige que os estados também façam isso. Com base nessa antecipação de projetos é que a gente pode, a partir do dia 2 de janeiro, começar a trabalhar as obras do PAC 2. Além disso, temos que colocar dinheiro no orçamento desse ano”, enfatizou o presidente.

Além de visitar as obras do estádio, Lula participou da assinatura de contratos das obras de mobilidade urbana e habitação, coordenadas pelo Ministério das Cidades e que fazem parte do conjunto de obras que visam à realização da Copa do Mundo. “Vir ao estádio do Internacional para bater a estaca e começar a construir o estádio para a Copa de 2014 é motivo de muita alegria, porque a gente vai mostrar ao mundo e ao Brasil que nós temos competência e gente preparada para realizar uma Copa do Mundo da melhor qualidade”, disse Lula.

Porto Alegre será a segunda cidade brasileira a assinar contratos para iniciar obras de mobilidade selecionadas pelo PAC da Copa – a primeira foi Belo Horizonte. O objetivo do investimento de R$ 480 milhões é melhorar o tráfego nas principais vias de acesso ao estádio. Na área de saneamento, foram assinados três contratos de obras de drenagem, em Porto Alegre, e nos municípios de Rio Grande e Novo Hamburgo, no valor de R$ 70,7 milhões, todas com contrapartida das prefeituras.

À noite, o presidente participará, também na capital gaúcha, do comício da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, que será realizado no Ginásio Gigantinho. Mais cedo, o presidente disse que não deixará de participar da campanha em seus horários de folga. “Tem gente que quer me tirar da campanha, mas tenho obrigação de participar e escolher quem será meu candidato ou candidata”, disse Lula, durante a assinatura dos contratos.

Lula diz que Brasil andará mais rápido a partir de 2011