O que diferencia o artista de seu público?

Oi, tudo bem? Ninguém esteve tanto em evidência no último mês como ela. Propaganda de tintura pra cabelo, de produtos de limpeza que patrocinam o programa do Raul Gil, jurada de reality musical, atração de destaque no Show da virada… E, mais recentemente, por causa de um vídeo na web famoso pelas frases: “Quem é essa aí, papai? Tá cheio de assunto, hein?”

Ivete Sangalo: a cantora que atrai multidões, vende milhões de discos e… sim, sente ciúmes. O fato é que ‘as vezes esquecemos desse lado “gente como a gente” de quem amamos. Um talento especial é o que diferencia o artista de nós, “pobres mortais”. O artista que nos proporciona tantas emoções também passa por elas em diferentes escalas. E é próprio da profissão muitas vezes “esconder” esse lado. Isso porque no fundo nós sabemos como o público quer nos ver: alegres, sorrindo… Faz parte do show, da “imagem” que construímos.

E nestes raros momentos o artista deixa transparecer sua essência. Ivete “desceu do salto” sem descer do palco. Falou o que tinha que falar e continuou cantando – e de olho na situação. Está certa ela? Com certeza! Já diz o ditado: “Quem ama, cuida”. Foi o momento em que um assunto pessoal interferiu no profissional – e na frente de milhares de pessoas. Diga-se de passagem, Ivete se saiu muito bem.

Isso também mostra que – seja lá em que profissão for – você estará exposto a situações muitas vezes pouco agradáveis. E que apesar de sua imagem perante o público uma atitude deverá ser tomada – atitude esta que pode até servir para reforçar o caráter que você tem. Pessoas boas e ruins estão em todo lugar e você deve aprender a lidar com elas. A forma utilizada é que fará a diferença. Então, como sempre digo: que nunca nos cansemos de fazer o bem (e de impôr limites quando necessário também) – apesar das “forças contrárias”!

, ,